Solina é um vilarejo isolado dos centros urbanos, onde vive uma pequena comunidade eu tem princípios baseados na harmonia e na esperança. Sem explicação aparente, Pai Acácio, o fundador e líder do vilarejo, morre. Com a morte do conselheiro, o lugar é acometido por fatos estranhos e inexplicáveis, o tempo para e não mais anoitece ou chove na cidade, provocando uma imensa desolação nos moradores a ponto de colocar a existência da pequena comunidade em risco.

Inconformada com as situações drásticas em que o povoado se encontra a jovem Flor, filha de Jorge, o braço direito de Pai Acácio começa a se destacar como líder, quebrando as tradições já estabelecidas, a contra gosto do próprio pai que detém a liderança.

 

 


Imagens do filme